quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Sete maneiras de potencializar a caminhada e a corrida na esteira.

Ela está na academia, na sala de ginástica do prédio e se bobear bem aí, no meio da sua sala. A esteira é um dos aparelhos mais populares quando o assunto é atividade física. O motivo é muito simples: seu uso é praticamente intuitivo, basta apertar um botão e sair andando. Nada complicado, não é mesmo? Mas aposto que de algumas coisinhas você não sabe. A educadora física Fernanda Andrade, da Sociedade Brasileira de Personal Trainer, conta que, além de usar um tênis específico durante a caminhada e corrida, é preciso manter uma boa postura - com ombros em linha reta e costas e o abdômen firmes e contraídos -, e progredir gradativamente as velocidades, respeitando seus limites. Pronto para investir nas técnicas que transformam a caminhada na esteira num verdadeiro treino? Então escolha a sua favorita a seguir.

Alternar caminhada e corrida

O seu objetivo é emagrecer? Então essa pode ser sua opção: "alternar caminhada e corrida é um excelente método para quem quer perder gordura corporal", explica Fernanda Andrade. "Estudos mostram que treinos feitos dessa forma são muito mais eficientes que aqueles feitos de maneira constantes, do início ao fim". E melhor ainda: essa técnica ajuda também a diminuir a gordura abdominal. O educador físico Felipe Macabeli, coordenador de Cinésio do Centro de Bem-Estar e Fisioterapia Levitas, explica como fazer: "você pode realizar um treinamento intervalado considerando o tempo - o mais fácil e mais usado em esteiras - ou a distância percorrida". Os treinos intervalados podem ser ajustados para você por um educador físico, sempre pensando em atingir seus objetivos.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

7 Dicas básicas para deixar de ser sedentário.

É impressionante a quantidade de sedentários no Brasil e no mundo. De acordo com dados do IBGE de 2012, 80% da população brasileira é sedentária. É muita coisa.

Além disso, um estudo publicado pelo Lancet no mesmo ano revelou que 5,3 milhões de pessoas morrem por ano em decorrência do sedentarismo e no Brasil o problema está por trás de 13,2% das mortes totais.
Somando isso à falta de conhecimento das pessoas de forma geral sobre exercícios, não é difícil encontrarmos quem esteja querendo sair do sedentarismo, mas não consegue avançar nos planos.

Então viemos dar uma orientação básica por meio de 7 dicas para quem quer colocar o corpo para movimentar e fugir das consequências terríveis que o hábito de não mexer o esqueleto nos acarreta.

1 Não precisa se exercitar todos os dias

Você não precisa começar treinando todos os dias e nem 3 vezes por semana (apesar de ser uma boa frequência). Inicie progressivamente. Comece indo 2 vezes por semana e vá aumentando a frequência com o passar do tempo.

2 Não precisa treinar 1 hora por dia

Se você não está fazendo nada atualmente para exercitar o corpo, precisará realizar um processo de adaptação. Por isso, começar os treinos com tempos reduzidos é o ideal. No caso da musculação, você pode fazer algumas séries leves de início para conseguir aprender a realizar o movimento. Depois, conforme for evoluindo, vá aumentando o peso progressivamente.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Esmalte antiestupro muda de cor se há droga na bebida.


O produto, ainda em testes, foi desenvolvido como uma arma de defesa feminina contra drogas como o “boa noite cinderela”.

Proteger o maior número possível de mulheres da experiência da violência do estupro com um recurso simples de aplicar, discreto e barato.

Com esse objetivo um grupo de estudantes da Universidade Estadual da Carolina do Norte (EUA) criou um esmalte que muda de cor em contato com substâncias conhecidas como drogas de estupro ou “boa noite cinderela” - a mais famosa é o GHB (gama-hidroxibutirato).

De acordo com a página da empresa Undercover Project no Facebook, somente nos Estados Unidos, 18% das mulheres são vítimas de estupro ao longo da vida e o uso de substâncias para facilitar o abuso e a violência sexual contra mulheres é algo comum, em especial no âmbito estudantil.

“Isso é quase uma em cada cinco mulheres em nosso país. Podemos não saber quem são, mas essas mulheres têm um rosto. Eles são as nossas filhas, nossas namoradas e nossas amigas”, diz o texto de apresentação da startup criada para desenvolver e produzir os esmaltes.

Uma vez aplicado nas unhas, o esmalte permite à mulher testar a presença de drogas de abuso na bebida apenas mexendo o drinque discretamente com o dedo. O produto ainda está em testes, mas não deve demorar para chegar ao mercado, já que conseguiu atrair a atenção de investidores de peso depois que a empresa ficou entre os semifinalistas da Kairos 50, uma iniciativa global para premiar empreendedores com menos de 25 anos.
Por iG São Paulo.

domingo, 24 de agosto de 2014

Conheça 6 Aplicativos que te ajudam no treino e na alimentação.


Dieta e boa forma nunca estiveram tão em alta quanto nos dias de hoje na vida de um homem, para a alegria de muitas pessoas que precisam de ajuda para manter o treino e a alimentação em ordem, há uma série de aplicativos que ajudam na nessa tarefa de conquistar o corpo dos sonhos. Com isso em mente, selecionamos 6 apps incríveis que vão te auxiliar a turbinar o shape:

My Fitness Pal

Um verdadeiro sucesso no mundo, principalmente entre os norte-americanos. Em uma experiência pelas terras do Tio Sam, um jornalista do New York Times perdeu 28 quilos em alguns meses utilizando o aplicativo.

O My Fitness possui mais de 600 mil sugestões de receitas light e seu diferencial é transmitir os seus passos na dieta para seus amigos nas redes sociais, para que eles interajam e lhe ajude nas dificuldades de perder peso. O aplicativo está disponível nas plataformas Android e iPhone.

sábado, 23 de agosto de 2014

Dicas para ter Sucesso e Ganhar Mais no Trabalho.

Faça aquilo que goste. Torne-se uma referencia no assunto e seja bom naquilo que faz. Isso ajuda elevar sua autoestima, te deixar mais atraente e prospero.

Todos desejam conquistar o sucesso em sua área de atuação conseguindo uma promoção no trabalho.
Por outro lado, são muitos os casos de profissionais que penam por anos atrás da sonhada ascensão, mas não conseguem ser promovidos. Pior, outra pessoa que exercia as mesmas funções é escolhida para a promoção no seu lugar.

Se você deseja construir uma carreira sólida, de fato, conquistar destaque no ambiente de trabalho é um excelente começo. Neste artigo, vamos listar algumas dicas para iniciar essa trilha em direção ao sucesso na profissão. Acompanhe:

Entenda como a empresa funciona

Se não souber do que sua empresa e o setor em que trabalha precisa, jamais poderá elaborar um plano de ação para conseguir se destacar. Faça um diagnóstico completo da sua área, analise as deficiências e encontre os modos de demonstrar atitude para melhorar os resultados.

Lembre-se: A atitude é tão, ou até mais importante, do que o seu conhecimento técnico, que só será apreciado por meio dela.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Desenhos das crianças indicam futura inteligência, diz estudo.



A maneira como as crianças desenham aos quatro anos de idade pode ser um indicador de como será a sua inteligência no futuro, concluiu um estudo da universidade britânica King’s College.

Dez anos atrás, pesquisadores pediram a 7.752 pares de gêmeos que desenhassem uma criança. Depois, eles classificaram os rabiscos segundo o número de elementos presentes, tais como cabeça, pernas, mãos e pés.

Juntamente com os desenhos, os pesquisadores aplicaram testes de inteligência às crianças. Os mesmos testes foram repetidos quando os meninos e meninas completaram 14 anos.

Os especialistas encontraram uma ligação moderada entre os desenhos e os resultados obtidos uma década depois.

O método é conhecido como teste do desenho da figura humana, criado nos anos 1920 para medir a inteligência de crianças de quatro anos de idade.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O pior sentimento do mundo.

Relato: “Sou casada, mas me sinto muito só. É um aperto no peito, que posso dizer que reconheço como se fosse o pior sentimento do mundo”.

Quantas pessoas dizem que têm um companheiro (a), mas se sentem mais sós do que se estivessem sozinhos? Não conseguem sentir uma conexão entre os dois, nem detectar quando foi quebrada e se um dia será resgatada.

Com o tempo, o relacionamento passa por vários momentos difíceis que nem sempre o casal administra como deveria. Normalmente, “ligam o automático” e passam por cima de situações que precisariam de pelo menos um diálogo para serem resolvidas, mas por uma infinidade de razões parece mais fácil deixar como está.

O que não se percebe é que cada um desses pequenos acontecimentos vão se acumulando e, consciente ou inconscientemente, o casal acaba se distanciando. Quando param para pensar, parece que não se reconhecem mais.

Quando estamos tristes, costumamos permanecer na energia da vitimização e nos sentir abandonados, sem perspectiva alguma. Muitas vezes, esperando que alguém apareça para nos resgatar deste sofrimento. Esse sentimento acaba aumentando ainda mais a distância, pois responsabilizamos a outra pessoa e nos ressentimos. O que não sabemos é que na maioria das vezes quando isso acontece, a outra pessoa está sentindo a mesma coisa.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Ciúme: 8 perguntas que ajudam a entender os motivos.

Alguém diz “Não consigo controlar o ciúme pelo meu namorado. Isto está atrapalhando muito a minha vida e meu relacionamento. É mais forte do que eu”. Pelo que posso observar com amigos, existe uma variação grande na atitude das mulheres em geral.

A Submissa - Se mantem em uma relação de comodismo e segurança. Fecha seus olhos para os flertes do marido, se lamenta e chora na calada da noite, sabendo que tudo tem um preço na vida.

A Vingativa- Devolve com a mesma moeda, flertando e se insinuando para o sexo oposto, quando percebe que seu parceiro está observando. Cria uma relação competitiva que pode terminar com discussões e noites sem dormir ou com muito sexo, aquecido pela adrenalina do conflito. Pra quem gosta…

A Agressiva- Com o temperamento mais violento, que muitas vezes podem estar ligado às suas variações hormonais, não têm o mesmo final feliz. Geralmente, imagina situações inexistentes, provocando discussões desnecessárias em que o outro nem sabe a que ela se refere. Desgastante…

1) Porque você sente ciúme?
2) Onde ele surge no seu relacionamento?
3) Você é uma das mulheres dos exemplos acima?
4) Este sentimento tem fundamento se você racionalizar?
5) Já aconteceram fatos anteriores que justifique este sentimento?
6) Você sente a nítida presença de alguém na vida dele?
7) Quem grita: sua intuição ou sua imaginação?
8) Que tipo de situação lhe traz tanta insegurança a ponto de fazer coisas que você mesma dúvida?

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Cuidados na hora de deixar o cabelo liso.

Aos desavisados frequentadores de salões de beleza, o que pode parecer uma solução milagrosa para pôr fim aos cabelos crespos, para a saúde é uma grande ameaça. Em relação às denúncias envolvendo os riscos de alisantes clandestinos, produzidos a partir de concentrações elevadas de formol, principalmente no Rio de Janeiro, a Anvisa alerta sobre a necessidade de o consumidor tomar alguns cuidados básicos na escolha e uso desses produtos, considerados de risco potencial, por conter substâncias tóxicas que exigem controle rigoroso.

Telma Piacesi, técnica da Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro, a partir das amostras recolhidas e analisadas, atestou que os alisantes são mesmo caseiros, não sendo fabricados por nenhum laboratório. "Confirmamos que nos próprios salões as pessoas estavam misturando formol, queratina e cremes e aplicando nas clientes", afirma.

Em primeiro lugar, o usuário deve verificar se o produto é registrado na Anvisa/Ministério da Saúde, como determina a Lei 6.360/76. Para a obtenção do registro, o responsável deve apresentar à Anvisa uma série de documentos e informações técnicas referentes à composição, para assegurar a segurança e a eficácia, segundo a finalidade pretendida. As informações são então analisadas pela Gerência-Geral de Cosméticos da Anvisa, com base em regulamentação específica. Outro ponto importante diz respeito à formulação do produto, que somente será registrado caso atenda às exigências estabelecidas na legislação sanitária, sendo que o seu uso correto, em geral, não implica em danos para a saúde.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

15 Dicas para manter o pensamento positivo.

São tantas situações que nos colocam para baixo: a briga com o companheiro, o estresse do trabalho, o atrito com o chefe, falta de perspectiva de desenvolvimento financeiro, além de situações do cotidiano, como trânsito ou problemas nos transportes. Diante de episódios difíceis, o que fazer para manter o pensamento positivo, “levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima”?

“Ser positivo é uma escolha e depende de prática”, ressalta a psicanalista Ana Laura Gaio. Ela enfatiza que uma pessoa positiva é confiante na vida. “Mas há uma grande diferença entre ser positivo e ser idealista. As pessoas positivas são realistas”.

O pensamento positivo saudável gera pensamentos e atitudes que vão refletir na rotina do seu cotidiano. Por exemplo, para passar no vestibular, não basta ter o pensamento positivo, mas é necessário também estar motivado a estudar.

Veja 15 dicas para manterem o pensamento positivo:

1) A atitude positiva pode ser treinada.

Uma boa maneira de praticá-la é meditar diariamente, mesmo que por pouco tempo. A meditação consiste em observar os próprios pensamentos. Se o pensamento não é o que você quer, finja que ele é uma nuvem e deixe-o passar.

domingo, 17 de agosto de 2014

Remédio para convulsões é usado para emagrecer e causa efeitos colaterais.

Pessoas que usam o remédio topiramato, descoberto nos EUA em 1979 para combater convulsões, como emagrecedor relatam efeitos colaterais como adormecimento e formigamento em várias partes do corpo, náuseas, problemas de memória e muitas dificuldades com o reflexo motor, além de sonolência e dificuldade de concentração.

O uso com essa finalidade se tornou mais comum há dois anos, quando a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a venda de emagrecedores à base de anfetaminas e restringiu a venda de sibutramina.

A proibição foi derrubada recentemente pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, mas essas substâncias ainda não voltaram às farmácias.

Enquanto isso, muitas pessoas com problemas de excesso de peso têm resolvido procurar o topiramato (Topamax). O remédio já tem sites criados por fãs e grupos de discussão.

Os efeitos colaterais relatados por usuários do remédio indicam risco para quem dirige automóveis ou máquinas ou que esteja envolvido em atividades que exijam alto grau de concentração.

sábado, 16 de agosto de 2014

Sobrepeso e obesidade elevam risco de dez tipos mais comuns de câncer.

O sobrepeso e a obesidade aumentam o risco de desenvolver 10 dos 22 tipos de câncer mais comuns, aponta um estudo publicado na revista médica inglesa "The Lancet" nesta quinta-feira (14).

De acordo com o trabalho, há uma relação entre câncer e IMC (Índice de Massa Corporal). O índice é obtido dividindo o peso, em quilos, pela altura, em metros, ao quadrado.

Segundo os autores, a cada elevação de 5 kg/m² no IMC, o risco de câncer de útero sobe 62%, de vesícula, 31%, de rim, 25%, de colo de útero, 10%, de tireoide, 9% e de leucemia, 9%. O aumento ainda leva a maior risco de câncer colorretal, de fígado, de ovário e de mama.

A pesquisa aponta também que, mesmo entre IMCs menores que 30 – ou seja, que não indicam obesidade–, o aumento está relacionado a um maior risco da doença.

Cerca de 5 milhões de indivíduos saudáveis foram avaliados e acompanhados por sete anos no Reino Unido para o estudo.

Folha de São Paulo.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Reduza a absorção de gordura com ajuda da dieta.

Os anos sem prestar a devida atenção com nosso corpo se refletem não só no espelho, mas também em nossa saúde. Os quilos a mais, principalmente na região abdominal, são um fator de risco para diversas doenças, principalmente aquelas que afetam o coração, como hipertensão e infarto. A sorte é que o mesmo caminho que condena pode ser o que salva - nossa alimentação. Fazendo as escolhas certas no prato, você consegue inibir a absorção de gordura pelas células e acelera a queima dos quilos que já estão instalados com ajuda dos exercícios físicos. Veja as escolhas feitas pelos especialistas:

Arroz integral

Por não sofrer refinação, o arroz integral está em sua forma mais completa - ou seja, mantém todas as suas características nutricionais originais. "Isso inclui os fitoquímicos orizanol e fitoesterois, ambos antioxidantes que atuam reduzindo a absorção de gordura pelo organismo", explica a nutricionista Marianne Fazzi, da clínica A Equilibrium, em Santos. Além disso, o arroz integral é rico em fibras, nutriente que ajuda na limpeza do intestino e reduz a absorção de gordura e carboidratos. Isso acontece porque as fibras são digeridas mais lentamente, inibindo a produção de insulina. "E quanto maior for o pico de insulina, mais facilmente a gordura será absorvida e irá se acumular no abdômen", afirma a especialista.   

Farelo de aveia

Tirando o fato de que o farelo de aveia também é rico em fibras, causando no corpo o mesmo efeito do arroz integral, ele também contém substâncias chamadas betaglucanas - amigas da silhueta. "As betaglucanas estimulam o organismo a absorver menos a gordura proveniente da alimentação, e as fibras aumentam a sensação de saciedade, fazendo a pessoa comer menos e potencializar esse efeito", afirma a nutricionista Marianne. 

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Alergia respiratória ocorre quando corpo reage a agentes externos.

Limpeza e organização não servem só para deixar a casa bonita para as visitas. Varrer o chão, passar pano nos móveis, arrumar a cama, tudo isso é importante para a saúde. O pó acumulado irrita o nariz de muita gente: é a alergia respiratória.

Além de deixar a casa bem limpinha e de tomar todos os cuidados descritos, é preciso ficar atento a outros objetos que acumulam poeira, como bichinhos de pelúcia, cortinas e cobertores.

Os cobertores, aliás, podem ser um problema maior, pois junto com o frio vem o tempo seco do inverno. A baixa umidade resseca o muco que protege as vias respiratórias, que fazem parte da defesa do organismo. Com o muco seco, mais agentes externos chegam até o pulmão.

Em caso de crises, os médicos recomendam o uso de antialérgicos. A longo prazo, bombinhas à base de cortisona são indicadas, pois desinflamam a superfície e protegem as vias aéreas.

Rinite, asma e gripe

No frio, também é comum ter gripe, uma doença bem diferente das alergias, já que é causada por um vírus. Porém, os sintomas se confundem com os da rinite alérgica.

Nos dois casos, a pessoa espirra muito e fica com o nariz entupido e escorrendo. Ao contrário da rinite, a gripe provoca tosse e febre. Por outro lado, a rinite causa coceira nos olhos e no céu da boca, e a gripe não.

Existe ainda a asma de origem alérgica, que é uma inflamação crônica das vias aéreas. Os músculos dessas áreas se alteram diante de estímulos como pó e cheiro de produtos químicos. Ela pode levar a tosse, chiado no peito e dificuldades para respirar.

Do G1, em São Paulo.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

10 estranhos problemas de saúde.

A saúde é algo que geralmente preocupa todas as pessoas. Quando existe algum problema nós não descansamos em saber o que está a acontecer. Geralmente o que nos preocupa são pequenas gripes, ou problemas semelhantes. Mas há problemas de saúde realmente estranhos. Conheça aqui 10 dos mais bizarros problemas de saúde.

1. Priapismo

Este é um problema de saúde que não é particularmente divertido, sendo até perigoso. O priapismo é definido como uma ereção que dura mais de 4 horas. Há muitas coisas que podem causar o priapismo, incluindo leucemia, anemia falciforme e a mordida de uma aranha viúva-negra.

Também pode ocorrer devido a uma lesão. Um homem de 22 anos, natural de Dublin sofreu recentemente um priapismo, que durou sete semanas, devido a um acidente de bicicleta. Rapazes, ouçam o que diz o anúncio do Viagra - se persistir por mais de 4 horas, chame um médico.


2. Transtorno da Excitação Genital Persistente

Esta é outra condição que parece divertida, mas também não o é. Este transtorno foi diagnosticado pela primeira vez em 2001 e é uma condição muito rara que afeta principalmente as mulheres, mas os homens podem também sentir.

Não se sabe o que ele faz, mas tem sido provocado por uma lesão e também está ligado à ansiedade e depressão. Os pacientes experimentam uma grande quantidade de dor e constrangimento pessoal.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

5 Dicas para voltar à boa forma depois da gravidez.

Voltar ao peso e ao corpo ideal é o sonho de toda mulher que acaba de ser mãe. Apesar da própria amamentação ajudar na perda de peso, fazer uma boa dieta e voltar à rotina dos exercícios físicos também são ótimos aliados para quem não está feliz com o corpo.

As mamães não devem ter pressa para que o corpo volte ao normal e devem respeitar as alterações bem características do período, principalmente na região abdominal, porém, uma ajudinha e boa vontade são sempre bem vindas.

Confira 5 dicas para voltar à boa forma depois da gravidez.

1 – DIETA

Cuidado com dietas muitos rigorosas e lembre-se que o leite materno é o único alimento do bebê nos primeiros meses de vida. Os nutrientes ingeridos pela mãe são muito importantes para o filho, assim como durante todo o período da gestação. Por isso, siga um cardápio bem balanceado e beba muita água. Evite grãos como a soja, o grão de bico e o feijão, porque eles tendem a dar cólicas.

2 – EXERCÍCIOS FÍSICOS

Assim como durante a gravidez, é ideal praticar exercícios regulares também após o parto para evitar o ganho de peso. Porém, alguns cuidados devem ser tomados, como por exemplo, a mãe deve aguardar seis semanas antes de voltar para as atividades físicas. Opte por yoga, caminhadas e exercícios na água, porque exigem menos dos músculos do abdômen, assoalho pélvico e costas. No bebê e também não são tão bons para a mamãe.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Reconheça e evite esses sete erros ao tratar uma dor de cabeça.

Estresse físico e emocional, barulho, luminosidade excessiva, dormir pouco, jejum prolongado, consumo excessivo de álcool, gorduras, sedentarismo: todos esses são apenas alguns dos gatilhos mais comuns para a dor de cabeça. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cefaleia, cerca de treze milhões de brasileiros apresentam dores de cabeça diariamente. A neurologista Thaís Rodrigues Villa, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), explica que a grande maioria, infelizmente, costuma procurar atendimento médico apenas quando a dor de cabeça aparece com crises intensas e, principalmente, muito frequentes. Mas esse é apenas um dos equívocos quando o assunto é tratar a cefaleia. Veja outros sete erros e elimine a dor de cabeça junto com esses maus hábitos.
Automedicação

O uso excessivo de analgésicos, sem prescrição médica, pode transformar uma dor de cabeça esporádica em crônica, ou seja, quase diária. "Quanto mais se toma analgésicos, menos efeito eles fazem, o que pode fazer a pessoa procurar remédios mais potentes, ou aumentar sua dose, levando a um perigoso círculo vicioso de dor", explica a neurologista Thaís Rodrigues Villa. O uso excessivo de medicações analgésicas é hoje a principal causa da enxaqueca crônica. "Analgésicos são medicações necessárias e excelentes para o tratamento das crises de dor aguda - o problema é a forma indiscriminada com que são usados, sem um diagnóstico e orientação médica adequada", explica. Ao procurar um médico para tratar a dor, muitos pacientes tem que ser "desintoxicados" de todos esses remédios. Ou seja, todos os medicamentos utilizados são suspensos, para que o tratamento que vai prevenir a dor crônica funcione.

domingo, 10 de agosto de 2014

Por que sexo faz bem para a saúde.

Mais do que uma fonte de prazer imediato, a prática do sexo é reconhecida como a solução e mesmo a prevenção de muitos males do corpo e da mente. “E o melhor: sem os efeitos colaterais ou contraindicações que tantos medicamentos apresentam”, destaca a ginecologista Ana Virgínia Gama Manduca, membro da comissão de sexologia da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

Dolores Pardini, presidente do Departamento de Endocrinologia Feminina da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem), também é defensora do sexo como um trunfo contra as enfermidades: “Quando a pessoa está com um parceiro com quem faz sexo feliz e saudável, boa parte de sua vida física e psicológica está resolvida”.

Entenda mais detalhadamente a relação entre sexo e a boa saúde.

Mais equilíbrio e sono mais tranquilo

“A pessoa com atividade sexual regular é mais equilibrada e tem noites de sono mais tranquilas”, afirma Dolores. Isso se dá porque durante o sexo o corpo recebe uma descarga de serotonina, um neurotransmissor calmante de efeito prolongado (ou seja, que não atua apenas no dia em que é liberado).

Coração protegido

Dolores também explica que outros neurotransmissores liberados no ato sexual são a adrenalina, a dopamina e a endorfina, que mediam a sensação de prazer e aliviam o estresse, diminuindo o risco de hipertensão. Além disso, Ana Virgínia ressalta que a alta da atividade cardíaca durante o sexo favorece a oxigenação e a irrigação do sangue, evitando que a gordura se acumule nos vasos sanguíneos e reduzindo o risco de infarto.

sábado, 9 de agosto de 2014

Falência dos rins poderia ser evitada com exames simples.

Saber o que pode causar uma doença é o primeiro passo para evitá-la. Com essa premissa, governos, profissionais de saúde, hospitais e ONGs de saúde de todo o mundo lembram hoje o Dia Mundial do Rim. A data está cheia de ações voltadas para alertar sobre o que muita gente não sabe sobre esse órgão vital para o corpo humano.

Pouca gente sabe, por exemplo, que as duas principais causas de falência dos rins são a pressão alta e o diabetes. E o pior: a maioria só é diagnosticada quando os rins já estão funcionando com apenas 50% da capacidade.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), um em cada 10 adultos tem doença renal crônica. Um verdadeiro exército de doentes que, invariavelmente, acabará trilhando dois caminhos: diálise e transplante renal. O último censo de SBN, divulgado em 2011, mostrou que mais de 90 mil brasileiros fazem diálise, com um custo anual de dois bilhões de reais e uma taxa de mortalidade de 17% no último ano.

“Muitas pessoas morrem sem sequer ter acesso a essa terapia, por falta de diagnóstico”, complementa Daniel Rinaldi, presidente da SBN.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Colesterol alto: o que fazer?

O colesterol é fundamental para garantir a vida. O corpo precisa dele para produzir hormônios sexuais, bile, vitamina D, membranas celulares e bainhas dos nervos. O fígado produz aproximadamente um grama de colesterol por dia, que é a quantidade suficiente de que o corpo necessita.

Muitos fatores como exercícios físicos, predisposição genética, sexo e outros componentes da alimentação influenciam o modo como o corpo humano processa o colesterol. Algumas pessoas podem consumir grandes quantidades e ainda assim conseguem manter os níveis de colesterol no sangue, enquanto outras ingerem muito pouco, mas apresentam alto teor de colesterol no sangue.

Para verificar os níveis de colesterol no sangue, o médico primeiramente mede a quantidade total existente em um decilitro de sangue, sendo aceitável qualquer quantidade abaixo de 200 miligramas por decilitro.

Dieta para o colesterol alto

Os órgãos de saúde recomendam mudanças nos hábitos alimentares de pessoas que têm um colesterol total acima de 200 mg. A redução no consumo de gorduras saturadas é o método mais eficaz. Uma dieta que restringe o consumo de gorduras a 20%, ou menos, do total de calorias e que limita as gorduras saturadas a 7%, ou menos, pode baixar o total de colesterol no sangue em cerca de 14%. Seu médico solicitou um exame e você descobriu que seu colesterol está mais alto do que devia? Bem, a notícia ruim é que você vai ter um baita trabalho para reeducar seus hábitos alimentares. A boa, é que isso não é tão difícil quanto parece para a maioria das pessoas.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Conheça oito ameaças inusitadas à saúde do coração

As doenças cardiovasculares são líderes em morte no mundo, sendo responsáveis por quase 30% dos óbitos no Brasil. Dentre estas, o infarto agudo do miocárdio é a causa principal. Tabagismo, dieta rica em sódio, estresse e sedentarismo são apenas alguns dos vilões da saúde cardíaca. No entanto, existem outras ameaças que podem afetar principalmente aquelas pessoas que já possuem os fatores de risco conhecidos para doenças cardiovasculares, como pressão arterial e colesterol em níveis acima do normal. Conversamos com especialistas e listamos as armadilhas escondidas para a saúde do nosso coração. Confira:

Pastilhas efervescentes

Pode parecer estranho, mas essas bolhas escondem mais riscos ao coração do que você imagina. Segundo um estudo publicado em janeiro no British Medical Journal, existe uma relação entre as pastilhas e infartos ou AVC. Os pesquisadores da Universidade Dundee analisaram exames médicos de 1,2 milhões de pacientes britânicos e descobriram que tomadores regulares de medicamentos efervescentes eram sete vezes mais propensos a desenvolver pressão alta ou hipertensão, além de correrem um risco 16% maior para eventos cardiovasculares, como infarto e AVC. O estudo analisou 24 diferentes remédios efervescentes, incluindo os principais analgésicos, como paracetamol e ácido acetilsalicílico, assim como suplementos.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Autossabotagem: o medo do novo.

Sigmund Freud, o pai da psicanálise, escreveu certa vez em um artigo chamado "Os que fracassam ao triunfar", onde ele afirma que algumas pessoas não são capazes de aproveitar a satisfação que uma conquista pode trazer, sentindo apenas angústia e ansiedade, como se fosse um medo de ser feliz. Autossabotagem é um ciclo vicioso e nocivo, já que uma parte de si mesmo quer se sentir feliz, enquanto a outra sente culpa por esse desejo.

Muitos de nós tem uma grande dificuldade de aceitar o novo. No entanto, cada indivíduo é a vida que se movimenta. A busca pelo avanço, como registra Gurdjieff, inicia-se por um estado de insatisfação com o que somos e um desejo forte por sermos melhores e colocarmos um ponto final no sofrimento, medo e angústia.

Contudo, em alguns casos, por mais paradoxal que pareça, o desconforto psíquico, que esconde em seus bastidores a experiência da dor e do sofrimento, serve como "conforto", ou seja, um estado de coisas mantido pela mente com medo da mudança interior, do novo. Este empobrecimento que interfere na qualidade de vida pode permanecer por tempo indeterminado, até o protagonista de sua história de vida se conscientizar de que a quebra do atual paradigma comportamental é a solução para o seu problema.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Dia Nacional da Saúde.

5 de agosto, Dia Nacional da Saúde. O que nem todos sabem é que foi escolhida em homenagem ao médico sanitarista Oswaldo Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872 e foi pioneiro no estudo de moléstias tropicais e da medicina experimental no Brasil.

Oswaldo Cruz nasceu em São Luis do Paraitinga, interior de São Paulo. Filho do médico Bento Gonçalves Cruz e de Amália Taborda de Bulhões Cruz, ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro aos 15 anos. Antes de concluir o curso, publicou dois artigos sobre microbiologia na revista Brasil Médico.

Formou-se em 24 de dezembro de 1892, defendendo a tese "Veiculação Microbiana pelas Águas". Em 1896, foi para Paris especializar-se em bacteriologia no Instituto Pasteur, que na época reunia grandes nomes da ciência.

Oswaldo Cruz foi nomeado Diretor Geral de Saúde Pública em 1903, cargo que corresponde atualmente ao de Ministro da Saúde. Utilizando o Instituto Soroterápico Federal, atual Fiocruz, como base de apoio técnico-científico, deflagrou memoráveis campanhas de saneamento. Em poucos meses, a incidência de peste bubônica foi reduzida com o extermínio dos ratos, cujas pulgas transmitiam a doença.

Em 1904, com o recrudescimento dos surtos de varíola, o sanitarista tentou promover a vacinação em massa da população. Os jornais lançaram uma campanha contra a medida.

Biossensor identificará câncer de mama precocemente.



A união da biologia e da computação está possibilitando o desenvolvimento de um biossensor que vai diagnosticar o câncer de mama num estágio anterior ao que a doença é identificada atualmente, o exame de imagem. “No mundo real, a primeira mudança genética que pode levar a um câncer de mama pode ocorrer até 10 anos antes da doença se manifestar. O biossensor poderá antecipar o diagnóstico em alguns anos”, acrescenta o presidente do Centro de Estudos Avançados do Recife (Cesar), Fábio Silva. Antecipar o diagnóstico pode fazer uma grande diferença no controle e eficiência do tratamento dessa doença.

Em desenvolvimento, o biossensor será o primeiro fruto de uma parceria entre o Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (LIKA), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e o Cesar, instalado no Bairro do Recife. O Lika está desenvolvendo a área ligada à biologia e à medicina. Já o Cesar está fazendo a parte que envolve eletrônica, robótica e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A soma dessas duas áreas do conhecimento chama-se biologia sintética. “É a aplicação de métodos de engenharia e computação, criando organismos biológicos para produzirem resultados desejados”, resume Fábio.

Para produzir esses resultados, o biossensor vai alterar o Ácido Desoxirribonucleico (DNA), substância que têm os códigos para fabricação de todas as proteínas, determinando as características dos seres vivos. No biossensor, serão recriadas sequências do DNA que reagem às células cancerígenas. Nessa reação, é identificada a alteração genética que indica o câncer de mama no paciente a partir de uma gota de sangue.

O biossensor será um equipamento similar aos que são usados para medir a glicose. O equipamento está sendo testado em laboratórios. Os testes clínicos controlados serão iniciados em setembro deste ano no Hospital Barão de Lucena. Os testes de campo devem ser realizados em pacientes em 2015. “Ainda não temos o custo do biossensor, porque o equipamento está numa fase pré-industrial. Agora, é a hora de entrarmos na área de biologia sintética e o Cesar quer puxar esse processo no Brasil”, conclui Fábio.


Angela Fernanda Belfort - Do JC Online.

Pré-natal psicológico pode prevenir depressão pós-parto.

Os números referentes à depressão pós-parto no Brasil são impressionantes. Estudos recentes afirmam que a incidência é, na média, de 26%. Entre as mulheres com perfil sócio- econômico baixo e atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) este índice aumenta para 40%. A média da OMS no mundo é de 10% a 15%.

Entre as consequências decorrentes da depressão pós-parto estão os problemas no desenvolvimento do bebê, problemas na relação mãe e filho e pode, inclusive, levar ao suicídio da mãe. "É o transtorno de maior incidência subtratado no País", afirma a psicóloga Alessandra Arrais.

Entre os fatores de risco estão a vulnerabilidade socioeconômica, qualidade do relacionamento conjugal, falta de apoio familiar, intercorrências durante a gestação e a existência de episódios depressivos anteriores e durante a gravidez.

Diante disso, Alessandra decidiu promover alguns estudos de intervenção que propuseram oferecer pré-natal psicológico a esse grupo de risco. “Um fator que percebo, principalmente na classe média, é a questão da idealização da maternidade, que faz com que a mulher acredite que ser mãe é ‘padecer no paraíso’. O choque entre a idealização e a realidade leva à depressão. Tive uma paciente que chegou a dizer que a vontade dela era reclamar no Procon. Esta idealização precisa ser trabalhada”, diz.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Risco de ebola propagar-se para Brasil é baixo, segundo Ministério da Saúde.

O risco de propagação do ebola para o Brasil é considerado baixo, de acordo com o Ministério da Saúde. Em nota divulgada nesta sexta-feira (1º), a pasta afirmou que não há nenhum caso suspeito ou confirmado da doença no país. A infecção, altamente letal, matou 729 pessoas desde fevereiro, de acordo com balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira.

 “Como o Ebola é transmitido pelo contato direto com sangue, secreções, órgãos e outros fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, a transmissão para outros continentes é considerada como pouco provável”, afirma a nota do Ministério da Saúde.

As infecções estão concentradas na República de Guiné, em Serra Leoa e na Libéria. A Nigéria também registrou um caso. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, se um passageiro viajando para o Brasil a partir de um desses países apresentar sintomas durante o voo, a tripulação deve contatar o aeroporto de destino, onde uma equipe de vigilância sanitária deverá avaliá-lo e determinar a conduta a ser adotada.

A assessoria de imprensa afirma, ainda, que não há um plano de contingência específico para o ebola. Mas, se um caso for identificado no país, o governo deve recorrer ao Plano de Resposta às Emergências em Saúde Pública, que determina as medidas a serem adotadas em situações de epidemias e desastres. Até o momento, a OMS não fez restrições a voos nem orientou o fechamento de fronteiras por causa da epidemia.
Nesta sexta-feira, o ministro da saúde, Arthur Chioro, afirmou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Secretaria de Vigilância em Saúde fizeram recomendações aos controles de fronteiras no Brasil, apesar de não haver reforço de fiscalização em locais como portos e aeroportos.

Sete vacinas que os adultos precisam tomar.

Na hora de cuidar da própria saúde, muitos adultos negligenciam as campanhas de vacinação. Em todas as fases de nossa vida, porém, estamos suscetíveis a infecções por vírus e bactérias que, se não tratadas, podem causar muitos problemas.

As doenças crônicas que se manifestam mais na vida adulta são fortes indicadores de que o individuo precisa se vacinar. "As pessoas que estão em grupos de risco, como as pessoas com mais de 60 anos ou aquelas que têm doenças crônicas, devem sempre estar informadas sobre a vacinação", diz o infectologista Paulo Olzon, da Unifesp.

Existem vacinas tanto para bactérias como para vírus. "No primeiro caso, a vacinação é feita para controlar surtos epidemiológicos e, para o caso dos vírus, a imunização normalmente dura à vida toda, sendo necessárias apenas algumas doses de reforço para garantir que a doença não vai mais voltar", diz Paulo Olzon. Confira sete tipos que merecem estar na sua carteira de vacinação.

Vacina dupla tipo adulto - para difteria e tétano

A difteria é causada por uma bactéria, que é contraída pelo contato com secreções de pessoas infectadas. Ela afeta o sistema respiratório, causa febres e dores de cabeça, em casos graves, pode evoluir para uma inflamação no coração.

domingo, 3 de agosto de 2014

Combine alimentos para ganhar nutrientes.

"O segredo para uma dieta equilibrada está baseado em dois pontos: moderação e variedade", afirma a nutricionista Daniela Cyrulin, da clínica Nutri & Consult, em São Paulo. Isso quer dizer que um prato colorido e com boas proporções entre os grupos alimentares (carboidratos, proteínas, gorduras) você garante os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo sem extrapolar nas calorias. Para atingir esse objetivo, entretanto, existe ainda um truque: combinar os alimentos certos para aumentar o aproveitamento dos nutrientes - caso do ferro, quando consumido na presença de vitamina C.

Arroz com feijão

O arroz com feijão é uma dupla mais do que recomendada, pois o que falta em um pode ser encontrado no outro. Isso porque os aminoácidos (menor unidade formadora das proteínas) do arroz somados aos do feijão tornam o prato uma fonte proteica semelhante à carne, ou seja, de alto valor biológico, ou seja, reúnem todos os aminoácidos essenciais e em quantidades ideais para o organismo. "Além disso, o arroz apresenta um índice glicêmico elevado, aumentando a taxa de glicose no sangue, enquanto que o feijão é rico em fibras, que mantêm a glicemia estável", afirma a nutricionista Cátia Medeiros, da clínica Atual Nutrição, em São Paulo.

sábado, 2 de agosto de 2014

10 motivos para amamentar seu bebê.

Com o tema "Amamentação: Um ganho para toda vida!", a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) 2014, que vai de 01 a 08 de agosto, quer chamar a atenção para a importância da amamentação no mundo todo.

Mas por que amamentar seu bebê? As vantagens vão da saúde de mãe e filho ao vínculo afetivo criado pelo ato – tudo isso comprovado por pesquisas. Descubra abaixo 10 – entre muitas – razões para o aleitamento materno.

1. Ajuda na recuperação pós-parto do corpo da mãe

Durante o parto, o corpo da mulher passa por alguns traumas: o útero sangra um pouco, os níveis de hormônio ficam desregulados e algumas mães reclamam de contrações depois do nascimento dos filhos. A fonoaudióloga Fabiola Costa, membro do GTIAM - Grupo Técnico de Incentivo ao Aleitamento Materno da Universidade Federal Fluminense e autora do blog Mama Mia, sobre amamentação, explica que, ao amamentar, os hormônios do corpo feminino voltam a se equilibrar.

Fabíola aponta para outro benefício: a amamentação logo após o parto. “A sucção do peito faz com que o útero expulse a placenta mais rápido, e ainda ajuda na imunidade para o bebê”, diz. Pesquisas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, mostram que o aleitamento previne outros tipos de doença, como o enfarto e a diabetes tipo 2.

Pais não podem se omitir na hora de repreender as crianças que mordem.

Casos isolados não devem causar pânico, mas quando morder o colega se torna frequente, responsáveis precisam se posicionar e ensinar que a atitude é errada e não deve se repetir.

Quando um adulto se sente ameaçado ou frustrado com alguém ou com alguma situação específica, as formas de reagir são diversas. Diálogo, barganha ou mudança de comportamento fazem parte do leque de opções com as quais uma pessoa pode contar. Com crianças pequenas, porém, não é tão simples encontrar uma saída diplomática. Na maioria das vezes, os problemas se resolvem de um jeito bem primitivo: pela mordida.

Disputas por brinquedos podem terminar com mordidas: “Até os três anos, é a fase do egocentrismo, porque a criança acha que tudo pertence a ela", afirma psicóloga.

Na fase que compreende os três primeiros anos de vida, o fato de a criança morder outras – ou ser mordida – não é tão absurdo assim. É a idade em que os pequenos ainda reagem instintivamente, sem refletir sobre consequências.

“Também é a fase do egocentrismo, porque a criança acha que tudo pertence a ela. O mundo gira em torno do seu umbigo. Quando se sente ameaçada ou o coleguinha tenta pegar o seu brinquedo, por exemplo, a primeira reação é morder”, explica a psicóloga infantil Cynthia Wood.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Descubra se você encontrou sua Alma Gêmea.

Muitas pessoas têm vários relacionamentos, e muitos deles não dão certo por diferentes motivos. Afinal, nem sempre temos certeza de que encontramos a pessoa certa ou simplesmente o amor acaba de uma hora para outra. Apesar de muitas pessoas não acreditarem em alma gêmea, existem alguns casais que parecem mesmo ter um conexão fora do comum e o relacionamento deles podem durar a vida inteira. Você acredita em alma gêmea?

De uma certa maneira, a ideia de que todo mundo pode encontrar a sua “metade da laranja” para passar o resto da vida juntos, pode parecer um tanto irreal e românica. No entanto, independente da sua crença, muitos casais se amam de verdade e possuem uma conexão inexplicável. Esses casais vivem um relacionamento muito harmonioso e não medem esforços para que a relação funcione. Além disso, eles não conseguem ficar separados, e acham que se tornaram pessoas melhores depois que se conheceram.

Quer descobrir se você encontrou sua alma gêmea? Então confira a seguir alguns sinais que revelam que você e seu parceiro nasceram um para o outro.

- Vocês conseguem se comunicar sem precisar falar uma palavra, pois vocês se entendem até mesmo através do olhar.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Pare de fazer certas coisas para ser feliz

1. Culpar

As pessoas cometem erros. Há empregados que não atendem às suas exigências, empresas que não entregam produtos a tempo... Então é muito fácil botar a culpa dos seus problemas nos erros dos outros. No entanto, você também tem parte da culpa. Assumir a responsabilidade quando as coisas dão errado em vez de culpar os outros não é masoquista, mas recompensador. Afinal, você pode se preocupar em fazer tudo melhor da próxima vez e, assim, dar um passo à frente em direção a uma vida  feliz.
2. Impressionar

Ninguém precisa gostar das suas roupas, carro, posses. Tudo isso são coisas, e mesmo se alguém gostar delas, não significa que vão gostar de você. Claro, aparentemente pode parecer que sim, mas apenas superficialmente e não de maneira substanciosa. E sem substância é impossível ter um relacionamento real. Como relacionamentos genuínos ajudam você a ser mais feliz, tente parar de impressionar os outros e passe a ser você mesmo.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Anabolizantes fazem crescer os músculos sob risco de câncer e infarto.

Músculos volumosos, que chamam a atenção, são o sonho de quem pega pesado na academia. Mas nem todo mundo tem paciência para seguir o treino sem falhas e esperar os resultados aparecerem - na dúvida entre desistir dos exercícios e alcançar músculos fortes, tem quem acabe buscando os esteroides anabolizantes como alternativa para conseguir resultados mais rápidos. "Essas drogas, apesar de serem ilegais, são facilmente encontradas", afirma a cardiologista Luciana Janot, do programa de cardiologia do Hospital Albert Einstein. Em geral, as fórmulas são derivadas da testosterona, o hormônio sexual masculino, e causam a retenção de líquidos - daí o inchaço da musculatura. Os hormônios do crescimento (HGH), naturalmente produzidos pela hipófise, também têm sido usados como anabolizantes.

"Devido à dose extra de hormônios, o metabolismo celular aumenta, surge o inchaço e os exercícios intensos provocam hipertrofia muscular", afirma a cardiologista. Nem mais fortes os músculos ficam, já que o aumento das fibras não é resultado de esforço, mas do acúmulo de líquidos - a ilusão até pode gerar lesões se a carga de peso for aumentada sem cuidado. Os riscos para a saúde, incluindo o perigo de morte, são muitos. Se você ainda tem alguma dúvida relacionada aos perigos dos anabolizantes, veja os alertas dos especialistas e abandone imediatamente essa ideia.